in

80% da culpa por piora da pandemia é da população, diz secretário de Saúde de Natal George Antunes




O secretário de Saúde de Natal, George Antunes, afirmou nesta quinta-feira (25) que a população é a principal culpada pela piora da pandemia de Covid-19 no Rio Grande do Norte. Em entrevista ao programa “12 em Ponto”, da 98 FM, o secretário disse que “80% da responsabilidade” pelo aumento nas hospitalizações por coronavírus é das pessoas que descumpriram as medidas preventivas. “A população precisa entender qual é o seu papel nisso tudo. Podemos dividir a responsabilidade dessa situação em 20% para o poder público, seja municipal, estadual ou federal, e 80% para a população. A situação estava controlada, tanto no interior quanto na capital. Das eleições para cá, o que vimos foi um afronte, uma desmoralização do poder público e atentado à saúde pública”, enfatizou George Antunes. Diante do aumento no número de casos, o secretário de Saúde afirmou que mais um hospital de referência para tratamento da doença será montado em Natal. A previsão é que, a partir deste sábado (27), o Hospital dos Pescadores, localizado nas Rocas, bairro da Zona Leste, também comece a receber pacientes com o novo coronavírus. Segundo ele, entre quinta (25) e sábado (27), os pacientes internados atualmente no Hospital dos Pescadores (por outras doenças, não Covid-19) serão transferidos para duas clínicas particulares que fecharam convênio com a prefeitura. Com isso, a unidade ficará exclusiva para receber casos de coronavírus. Inicialmente, a nova unidade de acolhimento terá apenas leitos clínicos. Porém, a expectativa é que, até o fim da próxima semana, 10 leitos de terapia intensiva (UTI) também sejam instalados no local. Equipamentos para montagem dos leitos já foram encomendados pela Secretaria Municipal de Saúde. Prefeitura do Natal não descarta medidas mais restritivas O secretário de Saúde afirmou também que outras medidas restritivas podem ser decretadas nos próximos dias, caso o quadro da pandemia não melhore. No início da semana, o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), determinou que bares e restaurantes não funcionem após as 22h. A medida havia sido recomendada pelo Comitê Científico Estadual. “Nós temos uma semana de observação acerca das medidas que foram tomadas agora, que já são bastante restritivas. Dentro de uma semana, teremos uma reposta acerca do efeito prático dessa medias. Não descartamos medidas mais restritivas. Se houver necessidade, teremos a obrigação de adotar medidas mais restritivas. Temos o dever de cuidar da população, e a vida está acima de tudo”, destacou George Antunes. Segundo o secretário municipal de Saúde, a população precisa se conscientizar da importância de seguir as recomendações. De acordo com ele, a hospitalização cada vez maior de jovens tem relação com o descumprimento das medidas, e não com a circulação de mutações do coronavírus. “Se não tivermos o cuidado, na Semana Santa teremos outro problema. Quem está causando essa onda toda não é o vírus, é o povo. O problema está no povo e principalmente no adulto jovem. Temos que conter os ímpetos e a imprudência desses adultos jovens. Se vocês observarem, em todos os eventos (Independência, Padroeira, eleições, réveillon e Carnaval), quem estava presente era o adulto jovem”, finalizou.

Agora RN

Vereador Hermes apresenta projeto que autoriza Prefeitura do Natal a comprar vacinas contra a covid

Idosa com suspeita de Covid-19 espera mais de 6 horas dentro de ambulância por leito em hospital privado de Natal