Foram e estão sendo contemplados os grupos que procuraram ajuda junto a entidade, onde nos mesmos foram detectados casos de vulnerabilidade devido a pandemia do COVID-19.
A equipe realizou uma Live Solidária no último dia 09/05, que totalizou a arrecadação de 2 toneladas de alimentos, os quais estão sendo distribuídos para componentes da capital e interior.
A FECJURN é formada por ex-quadrilheiros e tem como objetivo nessa pandemia, atingir o maior número de integrantes desses grupos, pois segundo eles, os mesmos foram deixados de fora da preocupação que os poderes públicos tem exercido em relação a auxílios emergenciais ou ajudas financeiras para a categoria, salvo algumas exceções.
Pontificamos que os grupos juninos em atividades, geram uma cadeia produtiva muito presente nas comunidades, pois estes empregam temporariamente, costureiras, aderecistas, músicos, figurinistas, soldadores, empresas de ônibus, maquiadores, fotógrafo, cabeleireiros, comerciantes, entre outros. Os juninos, como são chamados nos dias atuais, precisam ser lembrados pelo poder público.
Como federação do segmento, estão fazendo sua parte, buscando assessorar esses grupos juninos antes, durante e após a pandemia. Pois a intenção dessa entidade sempre foi buscar soluções para fomentar a cultura junina e fazer com que a mesma não seja esquecida ou extinta no nosso Estado.
Parabéns a equipe FECJURN. Exemplo de compromisso com seus filiados e seguidores.