Após muita luta prefeito eleito de Goiânia perde a batalha para a Covid 19 .


Maguito Vilela tomou posse no dia 1º de janeiro com assinatura eletrônica na UTI, mas não resistiu a uma infecção pulmonar

Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)Clique para compartilhar no Pocket(abre em nova janela)Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)
janeiro 13, 2021 por Da Redação

Maguito Vilela (MDB), prefeito licenciado de Goiânia (GO), morreu aos 71 anos na madrugada desta quarta-feira (13), no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Ele estava internado desde o dia 27 de outubro após complicações decorrentes da Covid-19 e chegou a vencer as eleições municipais enquanto estava em coma. A morte aconteceu após uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada.

O corpo do prefeito será levado de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua cidade natal.

Posse

Maguito tomou posse no dia 1º de janeiro com assinatura eletrônica na UTI e logo depois o vice-prefeito Rogério Cruz (Republicanos), assumiu o governo interinamente. Após Maguito ter sido empossado, a equipe de transição solicitou afastamento dele para tratamento de saúde por tempo indeterminado.

Advogado e político tradicional, Maguito já foi vereador, deputado estadual e federal, vice-governador, governador e senador.