Após novos surtos de Covid-19, China cancela centenas de voos e adia casamentos


As autoridades da China cancelaram centenas de voos e pediram a seus cidadãos que adiassem casamentos e realizassem funerais mais curtos depois de endurecer, nesta sexta-feira (29), as medidas de contenção para impedir novos focos de Covid-19 antes do início dos Jogos de Inverno.

De acordo com o governo local, o número de casos continua muito mais baixo do que na maioria dos países, com 48 novas infecções notificadas nas últimas 24 horas. Ainda assim, as autoridades da china – que já aplicou mais de 2 bilhões de doses da vacina – prefere não correr riscos.

O país de 1,4 bilhão de habitantes reduziu ao mínimo o número de casos de coronavírus desde o início da pandemia, graças às medidas de tolerância zero adotadas pelo governo. Entre elas, o fechamento de fronteiras, confinamentos seletivos e longos períodos de quarentena