Foto: Reprodução.

Por O Dia — Internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde a última segunda-feira, Claudia Rodrigues, de 48 anos, tem alta prevista para este fim de semana. Empresária e amiga da atriz, Adriane Bonato contou à coluna que, apesar de Claudia ter perdido 30% da massa encefálica por conta de um processo de degeneração, os médicos estão esperançosos com um novo tratamento que ela irá iniciar em novembro. O objetivo é cessar as consequências da esclerose múltipla, doença descoberta há 19 anos na atriz.

“É um tratamento já muito utilizado nos Estados Unidos. São duas injeções, tomadas a cada seis meses. O custo de cada injeção é de R$ 120 mil. Meu irmão mora fora e já encomendamos o medicamento. Claudia tem plano de saúde, o médico dela já fez o pedido, mas queremos iniciar logo o tratamento. Temos muita fé de que vai dar tudo certo”, explica Adriane.

A empresária também contou que os médicos que cuidam de Claudia não descartam a possibilidade de uma cirurgia feita em terras americanas que é indicada também para pacientes com Parkinson e Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA): “Claudia é muito forte e eu quero que essa força sirva de exemplo paras os pacientes das doenças consideradas graves. É preciso ter muita fé, perseverança, paciência e acreditar no poder da cura, de uma melhora.”