O Governo do RN deve renovar o decreto que determinou a suspensão das aulas presenciais. O decreto atual tem validade até o dia 6 de julho.

“A renovação do decreto da suspensão das aulas é uma decisão do comitê de emergência da Sesap, que ouve as recomendações de um comitê formado por instituições e entidades ligadas ao ensino no RN. A perspectiva é que as atividades presenciais continuem suspensas, como estão em outros estados” declarou a assessoria de comunicação num emissora de Rádio de Natal (RN).

Por Robson Pires, emNotas
O Governo do RN deve renovar o decreto que determinou a suspensão das aulas presenciais. O decreto atual tem validade até o dia 6 de julho.

“A renovação do decreto da suspensão das aulas é uma decisão do comitê de emergência da Sesap, que ouve as recomendações de um comitê formado por instituições e entidades ligadas ao ensino no RN. A perspectiva é que as atividades presenciais continuem suspensas, como estão em outros estados” declarou a assessoria de comunicação num emissora de Rádio de Natal (RN).