in

Caminhódromo da Cohabinal ganha o coração dos Parnamirinenses




Situado na Avenida Castor Vieira Regis, ao lado da BR 101 e da Prefeitura de Parnamirim, está o caminhódromo da Cohabinal, que se tornou um dos lugares que os Parnamirinenses abraçaram de forma singular, cada um ao seu modo, lá você encontra pessoas de todas as idades em busca de melhorias na qualidade de vida.

A avenida fica fechada todas segundas, quartas e sextas – feiras das 17:30hs até as 20:00 hs, para que a população possa praticar esportes. A segurança é um dos fatores aos quais atraem tantas famílias. A Guarda Municipal e os agentes de trânsito são responsáveis por manter e garantir a ordem dos espaços para cada tipo de público.

É o caso de Wesley Araújo e a sua esposa Altécia Viana, que saíram do bairro de Nova Parnamirim com seus filhos, afirmam que se sentem à vontade no local, devido à segurança “Um local padrão para o lazer”. disse o casal.

Em meio aos frequentadores assíduos, está a turma das bicicletas, realizando manobras radicais e malabarismo. Existem também, as pessoas que buscam melhoria de saúde através da caminhada, como Dona Maria das Dores, moradora do bairro da Cohabinal, segundo ela, a caminhada ajuda a combater o seu problema de hipertensão.

Dentre os outros públicos frequentadores do local, estão as meninas dos patins, realizando diversas manobras com sinalizadores e os skatistas, os quais possuem o seu próprio espaço e até ganharam uma data comemorativa em sua homenagem, celebrada no dia 21 de junho em nosso município.

A academia ao ar livre, é um atrativo para aqueles que desejam algo além da corrida e da caminhada. Os praticantes de Calistenia, esporte onde é necessário apenas o peso do corpo, frequentam o local e levam as suas caixas de som para praticar seus exercícios e colocar o papo em dia.

Além das práticas esportivas já existentes no Caminhódromo da Cohabinal, o projeto Se Cuida, da Prefeitura de Parnamirim, concentra a maior parte dos frequentadores. Idealizado pelos professores e educadores físicos Ângelo Santos e Eleen Martins, o projeto tem levado dança, saúde e qualidade de vida aos 4.673 alunos cadastrados das mais variadas idades.

Vivaldo pede conserto da ponte e nova viatura policial para São João do Sabugi

Diabético apresentador Geraldo Luis testa positivo para Covid-19