Campanha Nota Potiguar terá bloco exclusivo no Carnaxelita de Currais Novos

Campanha Nota Potiguar terá bloco exclusivo no Carnaxelita de Currais Novos
A campanha Nota Potiguar ganha força a cada dia ao oferecer novos serviços e mais vantagens para quem baixa o aplicativo e pede a inclusão do CPF na nota fiscal no momento das compras. Agora, a Nota Potiguar terá um bloco exclusivo numa das maiores micaretas do interior do Rio Grande do Norte, o Carnaxelita. O lançamento do bloco será nesta quarta-feira (11), às 9h, na sede da prefeitura de Currais Novos, e contará com a presença do secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

O bloco será a segunda atração da micareta, que será realizada no dia 5 de outubro, e vai fazer o percurso do Carnaxelita assim como o bloco oficial, que tem Bell Marques como puxador. Já o Bloco da Nota Potiguar será puxado por Capilé, conhecido dos potiguares por muitos anos garantir a animação dos foliões do Burro Elétrico, que desfila no Carnatal e no carnaval de Pirangi. Para ter direito a um abadá do bloco, é preciso acumular três pontos no app, no entanto, cada CPF tem direito a apenas dois abadás do bloco.

O lançamento do Bloco da Nota Potiguar em Currais Novos é apenas um dos eventos que a Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) faz na cidade para apresentar oficialmente todas as vantagens da campanha Nota Potiguar aos currais-novenses. Também será realizado um seminário, no qual serão repassados todos os detalhes de como a campanha Nota Potiguar beneficia consumidores com prêmios e vantagens, estimula o comércio local e contribui para o aumento de arrecadação para a cidade, já que parte do ICMS recolhido pelo estado vai para os municípios.

O seminário “A SET-RN em Nova Perspectiva” será realizado no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Currais Novos, a partir das 14h. O evento tem o apoio do Sindicato dos Auditores Fiscais do RN (Sindifern) e Conselho Regional de Contabilidade (CRC-RN), sendo promovido pelo Governo do Estado e CDL com o objetivo de discutir a relação entre o Fisco e o contribuinte, a simplificação e as novas malhas fiscais, mas, sobretudo, detalhar a campanha Nota Potiguar.

MAIS SOBRE A NOTA POTIGUAR

Lançada em junho pelo Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), a Nota Potiguar concede prêmios em dinheiro e benefícios para quem solicita a inclusão do CPF na nota fiscal no momento da compra. Além de beneficiar os consumidores, o programa também premia instituições filantrópicas, fortalece o comércio potiguar e ajuda no combate à sonegação fiscal, o que ampliar a arrecadação de ICMS para o estado e os municípios. A campanha tem contribuído para desenvolver os estabelecimentos seridoenses que fornecem legalmente os documentos fiscais aos consumidores e ajudado a aumentar a arrecadação de ICMS nas cidades do Seridó.

Para participar é bem fácil. Basta baixar o aplicativo Nota Potiguar, disponível para os sistemas operacionais Android e iOS, e solicitar a inclusão no CPF na nota no momento das compras. Cada R$ 50 acumulados valem um ponto. Mas uma nota fiscal dá direito a, no máximo, cinco pontos. E durante todo o mês o acúmulo máximo é de 50 pontos. Com esse montante, o participante pode trocar por desconto de até 10% no valor do IPVA (20 pontos a cada mês), ingressos para jogos de futebol e participar de sorteios de prêmios em dinheiro.

A campanha Nota Potiguar é uma inciativa do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), e integra o Programa de Educação Fiscal do RN e visa conscientizar o cidadão sobre a importância do recolhimento de tributos para manutenção de serviços públicos essenciais.

A campanha está no quarto mês de vigência e já premiou doze potiguares com prêmios totais de R$ 236 mil somente para os cidadãos. Além de dinheiro, a Nota Potiguar dá vantagens, como descontos no IPVA, ingressos para jogos de futebol e muito mais para quem solicita a inclusão do CPF no momento das compras. As informações dos usuários da campanha, tais com número de documentos, não são repassados a nenhum outro órgão e servem apenas para associar as compra a um participante e evitar filas para troca de bilhetes dos sorteios mensais, sendo tudo processado automaticamente..

Cleonildo Mello