Comissão de Transportes da Câmara fiscaliza situação dos ônibus durante pandemia




Vereadores integrantes da Comissão de Transportes, Legislação Participativa e Assuntos Metropolitanos da Câmara de Natal realizaram pela manhã e no final da tarde, a fiscalização do transporte público da capital, durante os horários de pico.

Os pontos escolhidos foram a Ponte de Igapó, no turno matutino; e a Ponte Newton Navarro durante o horário de retorno dos trabalhadores para casa. O objetivo, segundo os parlamentares, foi averiguar a situação da lotação e o cumprimento das medidas anunciadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), com foco na diminuição das aglomerações, que consequentemente, contribuem para o aumento da transmissão da Covid-19 na capital.

Segundo o presidente da Comissão, vereador Milklei Leite (PV), será solicitado um novo encontro com os representantes da pasta do transporte para buscar soluções concretas. “No nosso primeiro dia de fiscalização foi possível identificar, que mesmo com as medidas anunciadas pela STTU, foi constatado que realmente não houve o efeito esperado e vários ônibus continuaram lotados. Vamos nos reunir novamente com o secretário e cobrar novas medidas”, explicou Milklei.

Para os vereadores Robério Paulino (PSOL) e Eribaldo Medeiros (PSB), é preciso que a frota retorne em sua totalidade. Os parlamentares acreditam que o retorno de 100% das linhas e dos veículos da frota vão ajudar a garantir a saúde da população.

Ainda segundo a comissão, a fiscalização ocorrerá de forma rotineira. “Iremos fiscalizar o quanto for necessário. Observamos pela manhã que os ônibus andavam lotados”, pontuou a vereadora Divaneide Basílio (PT). “A comissão vai continuar essa fiscalização de maneira permanente. Entendemos que a STTU até tentou, mas infelizmente não conseguiu lograr êxito. Não podemos permitir que sejam feitos investimentos em saúde e o transporte continue sendo esse vetor da doença”, acrescentou o vice-presidente da Comissão, vereador Anderson Lopes (SD).