Coreia do Sul confirma que 111 pessoas que ja tinham tido o covid-19 voltaram a testar positivo.


‌As autoridades de saúde da Coreia do Sul anunciaram neste domingo que 111 pacientes que supostamente tinham se curado da Covid-19 voltaram a apresentar a presença do vírus em novos exames.

Jung Eun-kyeong, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia, disse que a instituição está estudando as possíveis causas para isso.

“Por enquanto, não se sabe o que levou à reinfecção: se o vírus reativado que sobreviveu ao tratamento ou uma nova exposição ao vírus após a recuperação.”

As autoridades de saúde anteriores afirmaram que era altamente provável que o vírus tenha sido reativado, em vez de as pessoas terem sido reinfectadas, pois elas testaram positivo novamente em um tempo relativamente curto após serem liberadas da quarentena.

De acordo com o jornal The Korea Times, autoridades levantaram a hipótese de que o coronavírus pode permanecer latente em certas células do corpo e atacar os órgãos respiratórios novamente.

Uma pesquisa mais ampla está em andamento e a Coreia vai compartilhar o resultado com a OMS e outros países que enfrentam a pandemia.

O ANTAGONISTA