in , , ,

Coronavírus: Mandetta cobra de Bolsonaro pacto com estados e municípios

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, cobrou do governo federal um pacto com estados e municípios para combater o novo coronavírus. Em reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e outros ministros no último sábado (28), Mandetta pediu que seja executada ação conjunta, com regras e medidas unificadas e estabelecidas a partir de critérios científicos.

De acordo com informações do jornal O Estado de S.Paulo, o ministro ainda solicitou a criação de uma central de pessoal e equipamento para facilitar o remanejamento de leitos, respiradores, médicos e enfermeiros entre os estados. Mandetta pediu ainda que Bolsonaro pare de minimizar a gravidade da situação publicamente, sob possibilidade de criticá-lo em resposta. Segundo o jornal, o presidente rebateu e disse que demitiria o ministro, caso isso acontecesse.

O Brasil já soma 114 mortes decorrentes do novo coronavírus e 3.904 casos confirmados. O ministro da Saúde comparou a situação a mortes por queda de aviões. Mil óbitos equivalem à queda de quatro aeronaves comerciais de grande porte.

“Estamos preparados para o pior cenário, com caminhões do Exército transportando corpos pelas ruas? Com transmissão ao vivo pela internet?”, questionou.

CORONAVÍRUS: Secretária de Saúde expõe preocupação de ter casos positivos em Caicó pela demora no resultado de exames

Polícia prende 23 pessoas durante festa em cumprimento ao decreto que restringe atividades coletivas no RN