in , ,

Coronavírus: pai de jovem que morreu em Natal (RN) defende fim do isolamento


O jovem Matheus Aciole, de 23 anos, morador de Natal (RN), testou positivo para o novo coronavírus e, mesmo cumprindo isolamento em casa, apresentou uma piora no quadro clínico e não resistiu.

Ele morreu e o seu óbito foi registrado como uma das vítimas mais jovens da pandemia no país, em primeiro de abril. Ele tinha apenas 23 anos e sofria de obesidade.

O pai da vítima é defensor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas redes sociais. Mesmo após a morte do filho, ele postou mensagens desmerecendo a pandemia da Covid-19 e defendendo o fim do isolamento social.

METRÓPOLES

Funcionários de hospital relatam ver imagem de Nossa Senhora Aparecida em mariposa veja o vídeo.

Assembleia Legislativa declara calamidade pública em 29 cidades do RN