O Rio Grande do Norte chegou à marca de 117 mortes por Covid-19 e ainda há 56 em investigação. De acordo com o boletim divulgado nesta quinta-feira (14) pela secretaria de Estado de Saúde Pública, 11 novas mortes em Natal foram confirmadas nas últimas 24 horas. No dia anterior, a capital potiguar registrou 22 vítimas e hoje apareceu com 33, um aumento de 33% em apenas um único dia. Durante a coletiva da Sesap no início da tarde, o número de óbitos informados foi de 107.

O Governo já classificou o cenário em Natal como “muito grave” e admitiu a superlotação dos hospitais. De acordo com o secretario-adjunto de Saúde Pública Petrônio Spinelli, 96,5% dos leitos na capital potiguar já estão ocupados.

Ao todo, 2.537 pacientes já foram diagnosticados com a Covid-19 no Estado potiguar e 8.438 pessoas são classificadas como “suspeitas”.

O número de pessoas internadas saltou de 282 para 328 nas últimas 24 horas. Desses, 226 ocupam leitos públicos e 102 estão em hospitais privados.

“O que está muito claro é que o nosso planejamento de abertura de leitos ainda está correndo na frente, mas o vírus está muito rápido atrás. Essa semana vamos abrir mais leitos”, destacou Spinelli.