CURSO DE DIREITO DA FACITEN DEVERÁ INOVAR EM 2022 COM O BIODIREITO




Em plena discussão do uso de Vacinação compulsória e a dúvida com relação a vacinação em crianças, está o DIREITO como uma espécie de balança.
O grande problema, é que o meio jurídico possui uma enorme dificuldade em julgar situações que envolvem a Saúde.
Nesse vácuo, surge o BIODIREITO e a BIOÉTICA, que unifica conhecimentos jurídicos e da área de saúde.
Com uma visão de futuro, o coordenador do Curso de Direito da FACITEN, Dr. Paulo César (Criminalista), já pensa em investir nessa disciplina no próximo semestre do Curso de Direito.
Para isso, teve uma conversa com Dr. Cícero Martins, que além de Advogado Criminalista, também é Dentista e ensina Biologia há cerca de 30 anos, especialmente, em preparatórios para vestibular e Enem.
“Há tempos que percebo em audiências, principalmente, as que envolvem planos de saúde, que os Magistrados possuem muita dificuldade em tomar uma decisão. Eles não tem obrigação de conhecer conceitos médicos-odontológicos, mas não podem ser totalmente leigos. Muitas vezes, não se trata de chamar uma perícia e decidir. É necessário que eles estudem o caso. Fiquei surpreso com a iniciativa de Dr. Paulo César, e que conta com o apoio do Diretor Eduardo Campos, e acredito que poderá ser útil até para Juízes, pontua Cícero Martins.
Espero poder contribuir em seu projeto”.