in

Deputado Souza faz apelo para potiguares doarem sangue a fim de repor estoques

Um convite para que os doadores de sangue compareçam e renovem o seu gesto a fim de melhorar os estoques do Estado foi um dos temas abordados pelo deputado Souza Neto (PSB) no seu pronunciamento desta quarta-feira (17), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte durante a sessão plenária por deliberação remota, onde o parlamentar também tratou da questão do turismo da Costa Branca.

“Faço este apelo aos doadores, tendo em vista que os estoques estão reduzidos na pandemia e o sangue é insubstituível e não há gesto maior de amor e de solidariedade do que doar sangue, estamos doando vida”, frisou o deputado.

Ainda em relação à saúde, Souza citou reportagem na qual o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do RN (Cosems) elenca 60 municípios enfrentam problema com relação a estoque de oxigênio. “Esse é um problema nacional, os fornecedores enfrentam dificuldade em cumprir contrato, mas venho pedir a intervenção da Sesap para que busque a estabilidade no abastecimento desse item essencial a toda a população”, disse.

Sobre o turismo Souza destacou o potencial turístico da Costa Branca e solicitou melhorias na estrada que liga Ponta do Mel a Porto do Mangue, pois segundo ele o avanço das dunas está impedindo o acesso. “Temos um enorme potencial turístico, mas precisamos de intervenções do governo para garantir o direito de ir e vir com segurança”, afirmou.

O deputado também solicitou que o Governo Estadual inicie os estudos ambientais para tornar realidade o projeto da ponte ligando Areia Branca a Grossos. “Esse é um projeto que só se torna realidade com recursos federais, sejam de emendas de bancada ou do governo, porque é um custo considerável, mas estamos solicitando que o governo inicie esses estudos para que a gente saia do discurso e comece a sonhar numa perspectiva futura”, afirmou.

href=”https://noticiasdopassaro.com.br/wp-content/uploads/2021/03/670x190px-1-1-1-1-2-2-1.png”>

Brasil já tem três estados com 100% de ocupação hospitalar; Rio Grande do Norte chega a 93%

Vivaldo Costa comenta sobre escolha do novo Ministro da Saúde