in , , ,

Bolsonaro afirma que vai atuar para evitar novas tragédias

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante sobrevoo da região atingida pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho/MG.

Após sobrevoar, neste sábado (26), a região atingida pelos rejeitos de uma barragem da mineradora Vale que se rompeu em Brumadinho (MG), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que vai trabalhar para atender às vítimas, cobrar pelos danos causados e evitar novas tragédias.

“Faremos o que estiver ao nosso alcance para atender as vítimas, minimizar danos, apurar os fatos, cobrar justiça e prevenir novas tragédias como a de Mariana e Brumadinho”, escreveu o presidente no Twitter. “Para o bem dos brasileiros e do meio ambiente.”

Ele voltou para Brasília depois do sobrevoo. “Difícil ficar diante de todo esse cenário e não se emocionar”, afirmou.

APRESENTADOR WAGNER MONTES MORRE AOS 64 ANOS

Passagem das Traíras está entre os cinco reservatórios com risco de desabar no RN Números são do mais recente relatório da Agência Nacional de Águas (ANA)