in , ,

Diretor da OMS diz que ‘não se importa com ataques’ e que prioridade é salvar vidas


O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, fez um desabafo sobre ataques racistas e ameaças que está sofrendo em redes sociais durante uma coletiva de imprensa. Ontem, o presidente Donald Trump afirmou que vai suspender a contribuição dada pelos Estados Unidos à Organização Mundial da Saúde. Ele acusa a instituição de ter mau desempenho no combate à pandemia.

Segundo maior avião do mundo pousa em Brasília com 40 toneladas de máscaras

Mandetta já mandou 500 mil comprimidos de cloroquina para estados