Doação de IRPF pode ajudar crianças e adolescentes com câncer só quem precisa sabe como essa ajuda é importante.



A prestação de contas com o “Leão” começou, mas você pode transformá-la em uma atitude de solidariedade, ajudando centenas de crianças e adolescentes, como os pacientes acolhidos pela Casa Durval Paiva, em tratamento contra o câncer e doenças hematológicas crônicas. Para isso, ao fazer a sua declaração anual de rendimentos à Receita Federal, basta destinar até 3% do seu imposto apurado ao Fundo da Infância e Adolescência – FIA, até o dia 30/04.

A dedução de doações ao Fundo da Criança e do Adolescente no Imposto de Renda está prevista no Art. 260 do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA e em legislação tributária específica, que regulamenta a contribuição de pessoas físicas e jurídicas.

Graças a essa destinação, a Casa Durval Paiva conseguiu colocar dois projetos em prática, financiados por meio do FIA: “Projeto Viver Feliz”, desenvolvido pelo setor de pedagogia da Casa Durval Paiva, que garante a continuidade do processo de escolarização, e o “Pontes para o futuro”, desenvolvido pelo setor de serviço social, que promove a capacitação profissional de jovens e seus pais acompanhantes, para geração de emprego e renda.

Para doar, basta seguir o passo a passo:

1 – Apurar o imposto de renda no formulário completo. Ao final da declaração, clicar em Resumo da Declaração (Doações diretamente na declaração – ECA).

2- Escolher o nível de doação pretendido, selecionando o Estado: Rio Grande do Norte e o município de localização: Natal. Informar o valor a ser doado e confirmar.

3 – Ao final, o programa emitirá um DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) – sob o código 3351. O próprio programa da Receita Federal informa, automaticamente, o valor que pode ser doado com a dedução.

4 – Após imprimir o DARF, o contribuinte poderá pagar o documento até o último dia de entrega da declaração.

5 – Encaminhar o comprovante do pagamento do DARF para o email [email protected]