O apagão registrado nesta quarta-feira e que atingiu cidades de 22 estados do Brasil jogou a capital do Rio Grande do Norte no caos, refletido nas ruas, de se ouviu por quase quatro horas uma pergunta: onde estão os agentes de trânsito?

Com semáforos de todas as regiões da cidades atingidos, o condutor de veículo, guiado pela vontade individual de chegar ao destino, se viu abandonado.

Em um dos canais de comunicação do BlogdoBG, no Instagram, leitores enviaram relatos de diversas partes da cidade questionando por que os agentes de mobilidade não eram vistos para ordenar o trânsito da cidade.

“Nessa hora não um bu***a de um amarelinho para controlar o trânsito. Agora na hora de caçar multa, aparece de lote”, registrou Marcelo Melo.

Em diversos pontos da cidade, os próprios motoristas ou transeuntes se dispuseram a ajudar no escoamento do tráfego.

“Diante de tantos carros, congestionamento e buzinaço, me deparei com dois jovens, voluntários, inclusive um estava de bicicleta, com a maior boa vontade, tentando organizar o trânsito, no cruzamento da Prudente de Morais com a Alexandrino de Alencar”, registrou @K_oliveira_araujo.

Em seu Twitter, o perfil da Secretária de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), postou, ainda no fim da tarde que “equipes da STTU estão nos principais cruzamentos da cidade”.

Fonte bg