ELEIÇÕES: DARIO BARBOSA DEFENDE FOCO EM INFRAESTRUTURA COM INVESTIMENTOS EM FERROVIAS

Candidato a governador pelo PSTU, o professor Dário Barbosa apontou, ao participar do Fórum Sistema FIERN Caminhos do RN, a necessidade do Estado retomar a capacidade de investimento para destinar recursos para ampliar e melhorar a infraestrutura.

Para Dário Barbosa, um dos pontos centrais destes investimentos em infraestrutura deve ser a instalação de uma sistema de linhas férreas que permitam o uso dos trens para transporte de cargas e passageiros.

“Como resolver o problema econômico do Estado? As funções do governo não podem ser transferidas. E houve um longo processo de desmonte do transporte ferroviário. Toda riqueza hoje é transportada por caminhões movidos ao diesel. No Rio Grande do Norte, houve uma desestruturação do pouco que se tinha de transporte ferroviário”, lamentou.

Ele criticou a concentração das receitas tributárias na União. Segundo o candidato a governador do PSTU, mais de 60% que se arrecada no país, com impostos e taxas, fica com o governo federal.

Para Dário Barbosa, o pagamento de juros pelos Estados e municípios à União também cria dificuldades para o governo ter capacidade de investimento.

O candidato negou que a Previdência seja deficitária. Ele disse que as contribuições dos trabalhadores, servidores públicos e empresas ao sistema previdenciário são administradas pelo Ministério da Fazenda, que concentra os valores arrecadados, e daria para cobrir aposentadorias e pensões.

Dário Barbosa recebeu – do presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo – uma edição impressa do MAIS RN, que destaca uma agenda com metas que, se forem atingidas, o Rio Grande do Norte poderá se desenvolver.

Ao ser indagado pelo presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales, sobre propostas para enfrentamento do déficit público estadual, Dario Barbosa disse que é preciso evitar a evasão de receitas e uma gestão mais competente, com planejamento voltado aos interesses da população