in

Em Natal, Henry Cejudo reforça treino dos irmãos Pitbull e espeta Deiveson: “Babá do meu cinturão”



Ex-campeão do UFC afirma que volta da aposentadoria depende de oferta financeira de Dana White e afirma que venceria o “Deus da Guerra”: “Não dura mais de dois rounds comigo”
Por Ayrton Freire e Marcelo Barone — Natal e Rio de Janeiro

Henry Cejudo decidiu se aposentar em maio do ano passado, quando venceu Dominick Cruz no UFC 249, defendendo o cinturão do peso-galo. O americano – que também é ex-campeão dos moscas – não tem previsão de retorno ao octógono, entretanto, desembarcou em Natal, capital do Rio Grande do Norte, na quarta-feira, para reforçar os treinos de Patrício e Patricky Pitbull, na Pitbull Brothers.

– A vida tem sido muito divertida, tive a oportunidade de viajar o mundo, especialmente o Brasil, ficar com os melhores do mundo, como Patrício e Patricky Pitbull, aprendi muito desde que eu me aposentei. Eu vim a Natal para ajudar o Patrício, um cara que admiro muito, o melhor peso por peso do mundo. Ele vai enfrentar um wrestler (Emmanuel Sanchez), então vim ajudá-lo – declarou “Triple C”, ao Combate.com, citando o campeão dos pesos-pena e leve do Bellator

Globo detona Gusttavo Lima após cantor lançar música sobre balada

Encontrados corpos e destroços do Boeing 737 que caiu na Indonésia