Cristiano Ronaldo resolveu se “isolar” na Ilha da Madeira, em Portugal, após a primeira confirmação de coronavírus entre os jogadores do Juventus.

“Cristiano Ronaldo não treinou e permaneceu na Madeira aguardando desenvolvimentos relativos à atual situação de emergência de saúde”, informou o clube.

O atacante teria viajado para sua terra natal para acompanhar a mãe, Maria Dolores dos Santos, que sofreu recentemente um AVC e estava internada.

Por conta disso, Cristiano continuará em Portugal e não tem data para retornar, já que a Itália é o epicentro do Covid-19. Nesse tempo, acredita-se que ele realize exames para descobrir se está ou não infectado