Há alguns dias falamos sobre o caso de uma mulher em estado vegetativo – há mais de uma década – que deu à luz em uma clínica particular em Phoenix, cidade no Arizona, Estados Unidos.

Ninguém na equipe médica sabia que ela estava grávida até que a mulher começou dar à luz “, disse azfamily.com. Uma fonte com conhecimento do assunto, que disse que o bebê está vivo e saudável.

Hoje a polícia anunciou que o enfermeiro Nathan Sutherlan , 36 anos, foi preso por estuprá-la e deixá-la grávida.

Fonte/MCeará.com