Ezequiel celebra ordem de serviço do Sistema Seridó e defende pautas de outras regiões




O ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho deu ordem de serviço para as obras do Sistema Seridó, projeto que vai interligar as bacias hidrográficas da região e beneficiar cerca de 280 mil pessoas em 24 municípios. O anúncio foi feito ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), que recebeu a notícia em reunião realizada nesta quinta-feira (25), que também contou com a presença do deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB).

“Essa é uma obra fundamental para o futuro do nosso Estado. É a garantia de recursos hídricos para uma região que vem sofrendo há anos com esse problema. Isso garantirá dignidade e desenvolvimento econômico para o Seridó. Importante agradecer a sensibilidade do governo federal e ao empenho do ministro Rogério Marinho por transformar este sonho em realidade”, disse Ezequiel.

O projeto do Sistema Seridó está orçado em R$ 280,6 milhões e prevê a construção de 330 quilômetros de canais adutores, estações de bombeamento, de tratamento e de pontos de captação de água. A obra será executada em duas etapas e contém 10 trechos. O Sistema Seridó Norte captará água no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu, enquanto o Sistema Seridó Sul levará águas do Rio São Francisco a partir de Oiticica. O Governo do Estado cedeu os estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental e o projeto básico dos sistemas adutores.

No encontro com o ministro Rogério Marinho, Ezequiel aproveitou também para apresentar a sugestão da abertura de linhas de crédito para os agropecuaristas do país, tendo como bônus de adimplência, taxa de juros a 0% para produtores rurais a agricultores familiares. O parlamentar espera reunir o apoio da bancada federal potiguar e também solicitou o empenho do Ministério do Desenvolvimento Regional.

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, vai cumprir agenda em Caicó no sábado (27). Será recebido no final do dia pelo prefeito de Caicó, Dr. Tadeu (PSDB). “O objetivo da ida do Ministro é ver de perto o andamento do projeto do Complexo Industrial de Serviços e Comércio de Caicó – CISCOM. Pleito encampando de pronto por mim e pelo ministro que vai conhecer a área pendente há seis anos com pendências burocráticas e que tudo foi resolvido e o terreno agora tem escritura pública, na gestão do prefeito Dr. Tadeu”, disse Ezequiel.

Outra pauta do encontro foram as obras do Ramal Apodi/Salgado, que levará as águas do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco para municípios do Ceará, Paraíba e da região Oeste do Rio Grande do Norte. O pleito vem sendo defendido pelo goleiro refeito Alan Silveira. A obra está orçada em R$ 1,77 bilhão. Ao todo, 750 mil pessoas em 48 cidades serão beneficiadas. Ezequiel ainda reforçou a importância da conclusão das obras das barragens de Oiticica e de Passagem das Traíras, que estão em andamento.

“Também apresentamos pautas sugestivas na área hídrica, habitação, pavimentação e drenagem de ruas que beneficiará municípios do Seridó, Agreste Potiguar, Mato Grande, Potengi, Central, Oeste e Costa Branca. Estamos recebendo pautas de viários prefeitos em buscas de recursos nessas áreas”, disse o deputado.