Família Bolsonaro tem reações diversas após soltura de Lula; veja

Bolsonaro preferiu não se manifestar ao ser questionado sobre o tema: “Não vou entrar numa canoa furada” — Foto: Reprodução

Por Poder 360 — Depois de a decisão do Supremo Tribunal Federal que resultou na libertação do ex-presidente Lula, a família Bolsonaro posicionou-se de forma diferente em seus perfis nas redes sociais. Enquanto Eduardo Bolsonaro criticou o petista e o fim da prisão após condenação em 2º Instância, o pai e o irmão Carlos só falaram de realizações do governo federal.

O filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro, não publica nada no perfil do Twitter dele há 3 dias.

Lula foi solto nessa 6ª feira da carceragem da Polícia Federal em Curitiba. Ao sair do local, agradeceu o apoio da militância, atacou o presidente, o ministro da Justiça, Sergio Moro, e a operação Lava Jato.

Já Bolsonaro foi questionado sobre o tema de noite, ao chegar ao Palácio do Alvorada. O chefe do Executivo se limitou a destacar que ele é responsável pelo governo federal. “Não vou entrar numa canoa furada”, falou.

Na 6ª, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, disse que o presidente, antes do julgamento do Supremo, deu a orientação de evitar críticas diretas à Corte. A ordem é isolar o Planalto das manifestações -o que não significa a proibição de que os ministros falem em caráter pessoal.

Eis as últimas publicações feitas pela família Bolsonaro no Twitter até às 8h deste sábado (9.nov.2019):

EDUARDO BOLSONARO, DEPUTADO FEDERAL PELO PSL-SP

JAIR BOLSONARO, PRESIDENTE DA REPÚBLICA

CARLOS BOLSONARO, VEREADOR PELO PSC-RJ