Fátima pede “apuração rigorosa” após morte de idoso que teve socorro negado no Walfredo


A governadora Fátima Bezerra (PT) pediu uma “apuração rigorosa” sobre a morte de um idoso horas após ele procurar assistência médica no Hospital Walfredo Gurgel, na sexta-feira (5), e ter tido atendimento negado. O homem disse, em vídeo gravado por ele mesmo, que falou com várias pessoas no hospital em busca de atendimento, mas que pediram para ele procurar uma UPA. O vídeo foi encontrado no celular da vítima.

O homem foi identificado como Zé William. Ele procurou o hospital após sentir um incômodo na região do peito. No vídeo, achado em seu celular, o homem afirma que estava infartando e mesmo assim não conseguiu ser atendido na unidade. Ele morreu horas depois, vítima de uma parada cardíaca.

Zé William ainda foi recebido no Hospital dos Pescadores, no bairro das Rocas, chegou a ser intubado, mas não resistiu.

Por meio das redes sociais, a governadora se solidarizou com os familiares de José William pelo que ela classificou como “trágico ocorrido que culminou com a sua morte”. “Isso é inadmissível, ainda mais para nós que trabalhamos diuturnamente por um SUS humanizado, universal e acessível”, escreveu Fátima.

Ela disse ainda que conversou com o vice-governador Antenor Roberto, com o secretário de Saúde Cipriano Maia e equipe da Secretaria de Saúde do RN determinando que se dê início “com toda a brevidade uma apuração rigorosa sobre o ocorrido”.

“A apuração, repito, será feita com todo o rigor e as medidas cabíveis serão tomadas”, garantiu a governadora.

Fonte: Portal Grande Ponto