in

Festa da Beata Irmã Lindalva vira patrimônio cultural imaterial, religioso e histórico do RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, projeto de lei apresentado pelo deputado estadual George Soares (PL), que transforma a festa comemorativa da Beata Irmã Lindalva em patrimônio cultural imaterial, religioso e histórico do estado.

A iniciativa surge, também, para fomentar o turismo religioso no interior potiguar.

Irmã Lindalva Justo de Oliveira nasceu em Assú, no dia 20 de outubro de 1953. No dia 7 de janeiro de 1954 foi batizada e a igreja assuense a festeja nesta data.

Governadora trata da relicitação do aeroporto com ministro da Infraestrutura

CARLOS EDUARDO DESCARTA DISPUTAR VAGA NA CÂMARA MUNICIPAL DE NATAL