As medidas para endurecer o controle de circulação de pessoas e garantir o isolamento social foram articuladas pelos prefeitos da Grande Natal e o Governo do Estado. Em reunião nesta terça-feira, 2, a governadora Fátima Bezerra e os gestores de Parnamirim, Extremoz, São Gonçalo do Amarante e Macaíba, definiram as ações do plano intitulado “Pacto pela vida”, proposto pelo Executivo Estadual, na segunda-feira, 1º, com o objetivo de propor mais fiscalização para feiras livres, movimentação em áreas públicas, controle de circulação com blitzen, entre outras ações. Com início nesta quinta-feira, 4, o objetivo do Pacto é aumentar os índices de isolamento social no Estado, que segundo as autoridades de saúde está muito abaixo do nível ideal de 70%.

Para esta semana, o Governo do Estado deve editar um novo decreto de isolamento social, conforme anunciou a governadora Fátima Bezerra aos prefeitos. O texto atual se encerra nesta quinta-feira, 4. A partir da deste dia haverá rondas no comércio e também na zona rural. Além disso, conforme anunciado, fiscalizações nas praias, com o objetivo de proibir a circulação de banhistas e pessoas nesses locais, também estão previstas.

“A ideia é buscar parcerias com os municípios para desenvolverem ações de enfrentamento à Covid-19. Vamos realizar essas ações em todas as regiões do Estado. As ações estão articuladas com a Sesap e toda a área de segurança do Governo: PM, Polícia Civil, Bombeiros, Secretaria de Administração Penitenciária e Defesa Civil”, informou Fernando Mineiro, secretário da Gestão de Projetos e Articulação Institucional (Segai). A reunião desta terça envolveu outros 10 municípios que compõem a Região Metropolitana.

As ações de fiscalização vão contar com o apoio do Procon Estadual, que vai articular junto aos municípios medidas para orientar os comerciantes das cidades potiguares. De acordo com o coordenador geral Thiago Silva, o órgão tem procurado as cidades e feito orientações no comércio. Nesta terça, por exemplo, Santa Cruz recebeu uma ação em conjunto com a prefeitura local de orientação e fiscalização no comercio.

“O Procon tem procurado os municípios, orientado o comércio, atuado onde a gente já orientou e onde determina o decreto. Uma das grandes dificuldades era a falta de parceria das prefeituras, com decretos próprios, que divergiam do estadual. Esse pacto vem nesse sentido para que os municípios interajam com consenso. Somar forças para atuar de forma mais intensiva. O município que quiser fiscalizar o comércio entra em contato com o Procon, que enviará a equipe e caso seja necessária, fará e efetuação das autuações que sejam necessárias.

Além dos gestores da Grande Natal, a governadora Fátima Bezerra também se reuniu nesta terça-feira, em videoconferência, com a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, para propor o “Pacto pela Vida”.

“Contamos com o apoio de Mossoró, por ser uma cidade muito populosa e que centraliza no Oeste do Estado grande circulação de pessoas. O Estado terá uma ação especial de reforço nas forças de segurança direcionada para o combate à Covid-19”, disse a governadora. Ela citou, dentre as ações sugeridas, o fechamento do acesso às praias, como Grossos, Areia Branca e Tibau.

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, afirmou que o município vai indicar um representante para compor a comissão que o governo está coordenando e que as propostas apresentadas na reunião se somam às ideias que estão sendo alinhadas internamente. “Esse ‘Pacto pela Vida’ é fundamental. O alinhamento com outros municípios, orientados pelo Governo do Estado, é muito importante”, reforçou.

Nesta quarta-feira, 3, haverá outra reunião com os prefeitos das demais cidades da 2ª regional, que incluem, além de Mossoró e as cidades já citadas, Apodi, Baraúna, Campo Grande, Caraúbas, Felipe Guerra, Governador Dix-Sept Rosado, Janduís, Messias Targino, Serra do Mel e Upanema. Haverá ainda uma videoconferência com gestores das cidades do Seridó.

Tribuna do Norte