Funcionários do Walfredo pedem socorro e falam do caos que estão vivendo


Mais relatos tristes e desesperadores do Hospital Walfredo Gurgel. Desta vez, funcionários publicaram um depoimento que expõe a realidade do hospital.

Confira abaixo a carta aberta ao povo do RN na íntegra:

Nós, funcionários do Hospital Walfredo Gurgel, estamos vivenciando uma realidade de total caos há muito tempo. Ausência de fornecimento de insumos básicos tais como sabão e papel toalha (o Bloco Cirúrgico está suspendendo cirurgias por falta de material lavado). Faltam medicamentos, falta tudo. Os recursos humanos estão reduzidos em todos os setores do hospital. A SESAP sabe disso há muito tempo e nos obriga a sobrecarga desumana de trabalho.

Além de tudo isso, sofremos com as greves todos os meses do pessoal de serviços terceirizados que são contratados pela SESAP. O sofrimento é grande com a falta de serviços e materiais tão essenciais para nossa jornada de trabalho que já é tão sofrida, principalmente agora que, novamente, o Covid19 encontra-se em ascensão.

Somado a tudo isso, sofremos pressão da população, que tem nos ameaçado diariamente em nosso ambiente de trabalho, o que nos traz prejuízos psicológicos terríveis. A quantidade de colegas em afastamentos é enorme em virtude dessas condições precárias de trabalho.

Não é só a população que sofre com este caos em que nos encontramos, nós também estamos sofrendo e fazemos parte do povo Norte-rio-grandense. Pedimos ao povo do Rio grande do Norte que olhe para nós com mais empatia, pois somos parte desse povo, já tivemos familiares internados nesta unidade hospitalar que passaram pelos mesmos problemas quando precisam se dirigir a este hospital.

Pedimos que cobrem das pessoas certas que são os gestores da SESAP e o poder público de uma maneira geral os quais fecham os olhos para nossa realidade e nos abandonaram completamente.

O Secretário de Saúde Cipriano Maia que nunca apareceu neste hospital vem agora acusar os profissionais do maior hospital do estado de desumanização. Desumano, Secretario, é o SR. que abandou às moscas um hospital que atende mais de 60.000 pessoas por ano. Venha aqui Secretário! Venha ver de perto a realidade que é bem diferente da sua sala refrigerada. Fica na Av. Hermes da Fonseca perto do Midway!!!

Perguntamos:
Onde está o Ministério Público?
Onde está a defensoria Pública?
Onde estão os deputados estaduais?
Onde estão os vereadores?
Onde estão os nossos senadores?
Onde está a nossa DESGovernadora?
Onde está o DESSecretário de saúde, que ao invés de apoiar a sua equipe, virou as costas para ela e que sequer sabe onde fica o Walfredo Gurgel.
Onde está o Sindicato dos Enfermeiros?
Onde está o sindicato dos Médicos?
Onde estão os conselhos das diversas categorias?
Onde todos estão? No palco? Sentados em suas poltronas e em suas salas refrigeradas?
Onde estão?
Estão defendendo nossos interesses?
Ou só os deles?
Precisamos de socorro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!, O POVO NÃO AGUENTA MAIS. NÓS NÃO AGUENTAMOS MAIS TANTO DESRESPEITO E ABANDONO!!!

Assinado as diversas vozes que compõe as equipes desse hospital( nesse texto representadas por mim, Maria de Fátima Balbino da Costa, servidora da saúde do Rn)as quais não suportam mais ficar caladas diante de tanta injustiça, descaso e falta de empatia.

Fonte: Blog do BG