General Villas Bôas recebe alta após 10 dias internado em Brasília

Por G1 DF e TV Globo — O assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, general Eduardo Villas Bôas, de 67 anos, recebeu alta na tarde deste sábado (12). O militar estava internado em Brasília desde 2 de outubro.

O ex-comandante do Exército deu entrada no Hospital Sírio-Libanês no domingo (6), após passar por internação no Hospital das Forças Armadas. Villas Bôas sofre de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) – doença neuromotora de caráter degenerativo.

De acordo com o último boletim médico enviado pelo GSI, a internação foi provocada por “problemas respiratórios”. O comunicado diz que “houve melhora no quadro [de saúde] do assessor, que está em casa, acompanhado pelos familiares” (leia abaixo a íntegra da nota).

Pela manhã, o GSI informou que o general apresentou uma “melhora considerável no quadro respiratório”. Até as 12h, a informação era de que ele estava na UTI, sem previsão de alta.

General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, em imagem de arquivo — Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Internação

O ex-comandante do Exército foi internado em 2 de outubro, no Hospital das Forças Armadas (HFA). No dia seguinte, ele foi submetido a uma broncoscopia – exame para avaliar a capacidade dos pulmões.

Inicialmente, o GSI informou que havia previsão de alta para a sexta-feira (4), o que não ocorreu.

Na última quarta-feira (9), o general passou por uma traqueostomia – procedimento indicado em casos onde é necessário a desobstrução das vias respiratórias.

Quem é o general Villas Bôas

Nascido em Cruz Alta (RS), Eduardo Dias da Costa Villas Bôas ingressou no Exército em 1967. Em janeiro de 2015, ele passou a comandar a corporação, nomeado pela então presidente Dilma Rousseff.

Com a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro – iniciada em fevereiro daquele ano – e a utilização de homens das Forças Armadas na segurança do estado, o general passou a figurar com mais frequência no noticiário e a ocupar um espaço central no debate sobre segurança pública.

Comandante do Exército diz que crime organizado é a ‘maior ameaça à soberania nacional’
Villas Bôas deixa o comando do Exército com fama de conciliador
Leia nota do GSI na íntegra:

1. O General Villas Bôas recebeu alta hospitala do Hospital Sírio Libanês de Brasília, com resolução do quadro respiratório que provocou sua internação.

2. Encontra-se em sua residência e constinua com visitas restritas aos familiares.

3. A família agradece a dedicação e o empenho da equipe médica e interdisciplinar do Hospital das Forças Armadas e do Hospital Sírio Libanês de Brasília.

Brasília, DF, 12 de outubro de 2019

Atenciosamente,

Ass Com GSI