GOVERNADORA DESCARTA PRIVATIZAÇÃO DA CAERN EM ENTREVISTA A RÁDIO CABUGI DO SERIDÓ

“Eu não tenho porque pensar em privatização da Caern (Companhia de Águas e Esgotos do RN), por uma razão objetiva: ela é um dos maiores patrimônios que o estado tem.” A declaração foi dada nesse final de semana pela governadora Fátima Bezerra (PT), em Parelhas (região Seridó), onde desembarcou na sexta-feira (18) parra participar de programação social e religiosa do município

“Eu quero fazer com a Caern o que Ricardo Coutinho (PSB, ex-governador paraibano) fez com a CAGEPA (Companhia de Água e Esgotos da Paraíba). Saneou através de uma gestão extremamente profissionalizada e hoje a empresa é um dos maiores parceiros do ponto de vista de investimento do governo da PB”, mostrou.

Segundo a governadora, “nós vamos organizar a Caern através de uma gestão capaz de fazê-la dar lucro, para que esse lucro se transforme em desenvolvimento para o nosso estado”.

Reforma administrativa

Fátima Bezerra também foi inquirida sobre possível reforma administrativa em seu governo.

– Não é reforma, mas já estamos propondo várias mudanças e uma série de medidas para a gente reduzir drasticamente as despesas. Publicamos uma série de decretos. Nós vamos cortar diárias, locação de carros, estamos revendo os contratos terceirizados, vamos fazer mudanças do ponto de vista da estrutura administrativa, ou seja, tudo está sendo feito para economizar para que a gente possa ir trazendo o equilíbrio financeiro para o estado do RN. Eu decretei estado de calamidade financeira não foi no intuito de alarmar a sociedade. Foi para alertar à sociedade quanto às condições de governabilidade para tirar o RN dessa situação gravíssima – disse.

Admitiu que o Governo Federal tem sugerido uma série de caminhos e feito propostas, “mas eu não sou obrigada a acatar todas as sugestões. Algumas medidas que têm sido sugeridas nós vamos trabalhar em conjunto; outras medidas, não”.

Fátima esteve acompanhada do deputado eleito e ex-prefeito de Parelhas, Francisco Assis Medeiros (“Francisco do PT”), do prefeito de Currais Novos, Odon Júnior (PT); vereadores e vários prefeitos e ex prefeitos da região, além de lideranças políticas locais.

Fonte/Jenuly cristiano Rádio cabugi do Seridó.