Governo cria grupo de trabalho para tratar com agentes as demandas do sistema prisional

A governadora Fátima Bezerra recebeu nesta sexta-feira, na sala de reuniões do Gabinete Civil, a diretoria do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp). Na ocasião, ela delegou aos secretários Pedro Florêncio (Administração Penitenciária) e Virginia Ferreira (Administração) e ao chefe da Casa Civil Raimundo Alves a tarefa de coordenar e criar um grupo de trabalho para tratar demandas do sistema prisional.

Os agentes penitenciários apresentaram ainda uma pauta de reivindicações, representados pela presidente do Sindasp, Vilma Batista, o vice-presidente André Jucá, os diretores Erlon Bernardo, José Wilson e Francisco Renilson, e o assessor jurídico, Paulo César. A principal delas é a reforma estatutária da categoria, que propõe a valorização da carreira por meio das mudanças no Estatuto.

A governadora demonstrou sensibilidade aos pleitos e lembrou que em outubro vai nomear 62 concursados, conforme já havia anunciado, mas que não tem previsão de convocar um número maior de agentes. “Mantemos nosso compromisso de honrar com o pagamento das diárias operacionais em dia, mas se houver algum imprevisto, o secretário vai dialogar com vocês para explicar o ocorrido”, disse.

O vice-presidente André Jucá declarou que a reunião atendeu às expectativas do sindicato, uma vez que a governadora ficou ciente da pauta de reivindicações e autorizou os secretários a prosseguirem com o diálogo por meio da criação do grupo de trabalho. “O Governo tem se mantido sensível às nossas causas e ficamos agradecidos pela atenção que recebemos aqui”, afirmou.

Os agentes reconhecem que a criação da SEAP, que é voltada exclusivamente à Administração Penitenciária, foi uma grande conquista para a categoria, porque demonstra a valorização que o Governo dá ao trabalho dos agentes penitenciários. Do último concurso, foram 150 aprovados divididos em cinco turmas. Já foram realizados dois cursos de formação, totalizando 56 novos agentes formados e nomeados, alguns já em exercício.