Governo define parcerias com prefeitura de Jaçanã

Serão realizadas ações para melhorar abastecimento de água, segurança e saúde

A governadora professora Fátima Bezerra recebeu em audiência nesta quinta-feira, 12, o prefeito de Jaçanã, Uady Antonio de Farias. Uady apresentou propostas de parceria nas áreas da segurança pública, abastecimento de água e saúde. Jaçanã tem agravado problemas no abastecimento de água devido à baixa média de chuvas, este ano choveu 53% abaixo da média que é de 560 milímetros.

Ficou definido que o Governo do Estado, através da Caern vai ampliar a rede de água fornecendo a tubulação e a prefeitura a mão de obra. O presidente da Caern, Roberto Linhares, informou que a companhia trabalha na perfuração de poços na comunidade de Riacho Boa Cica, em Nísia Floresta, que vão ampliar a oferta de água da adutora Monsenhor Expedito. “Jaçanã é o último município a receber água da adutora que foi projetada para atender 22 municípios, mas hoje atende 30 e mais 28 comunidades”, afirmou Linhares. Outra medida a ser adotada pela Caern é o ajuste na distribuição de água nos bairros.

O Governo do Estado, através da secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), vai fazer o revestimento de poços tubulares perfurados pelo município. Na segurança pública a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESED) vai enviar um novo veículo para o policiamento e manter a caminhonete S-10 que já existe. Para a saúde, o Governo estuda a possibilidade de remanejamento de emendas parlamentares. “Este ano, quando a pandemia do Coronavírus foi mais grave que ano passado, a prefeitura recebeu do Governo Federal apenas R$ 76 mil. Precisamos de mais recursos para investir em serviços como raio-x”, afirmou Uady Antônio.

“Estamos tratando com um município localizado em uma das áreas mais afetadas pela redução das chuvas. O Governo está atento a estas dificuldades, tanto que reativamos o Comitê do Semiárido para nos antecipar às dificuldades que já ocorrem e que deverão se agravar. Vamos atuar com base nos indicadores técnicos para minimizar as consequências”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

A governadora recebeu o prefeito acompanhada também da secretária adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista, do adjunto da SESED, delegado Osmir Monte, do assessor técnico da Sesap, Eduardo Albuquerque e do coordenador de hidrologia da Semarh, Ivan Fioravante.