in

Hermano acompanha na SESED gestores e produtores de cana-de-açúcar que clamam por mais segurança no campo


Devido às insistentes ocorrências de assaltos e invasões de propriedades na região Agreste e em outras regiões do Estado, o deputado estadual Hermano Morais (PSB) esteve na manhã desta segunda-feira (25) na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) acompanhado de representantes da Associação dos Plantadores de Cana do RN (Asplan), Cooperativa dos Plantadores de Cana de Açúcar do Rio Grande do Norte (Coplacana), gestores públicos de São José de Mipibu e Jardim de Angicos, além de produtores rurais para solicitar maior policiamento no interior do Estado para combater e inibir as ações dos criminosos, que hoje amedrontam a população rural.

Segundo relatos, muitos assaltos a mão armada vêm acontecendo, e por várias vezes, a luz do dia e de forma muito violenta. Com isso, o deputado Hermano Morais solicitou prioridade na implantação da Patrulha Rural, projeto ainda em fase embrionária em municípios da Grande Natal e Região Agreste para reforçar a segurança nesses municípios, principalmente nas áreas com atividades agrárias. “Eu sei do esforço que o governo vem fazendo com a contratação de mais de mil policiais militares e realização de concurso para a Polícia Civil, mas é preciso dotar o sistema de segurança pública de melhor estrutura para enfrentar a criminalidade. Precisamos de mais ações para conter a insegurança que cresce no campo, assustando aqueles que se moram ou se dedicam às atividades produtivas no interior do Estado”, disse o deputado.

O titular da Sesed, Coronel Araújo, se comprometeu a deslocar viaturas para as localidades, bem como aumentar o efetivo com os novos policiais militares recentemente admitidos. A partir destas iniciais condutas, novas investidas dos meliantes poderão ser inibidas.

Estiveram presentes na reunião o prefeito de São José de Mipibu, José Figueiredo, o prefeito de Jardim de Angicos, Carlos André, o Diretor da Delegacia da Polícia Civil do interior, Inácio Rodrigues, o Comandante da PM Coronel Alarico, o Comandante de Policiamento do Interior, Coronel Castelo Branco e representantes da Asplan e Coplacana.

Devido às insistentes ocorrências de assaltos e invasões de propriedades na região Agreste e em outras regiões do Estado, o deputado estadual Hermano Morais (PSB) esteve na manhã desta segunda-feira (25) na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) acompanhado de representantes da Associação dos Plantadores de Cana do RN (Asplan), Cooperativa dos Plantadores de Cana de Açúcar do Rio Grande do Norte (Coplacana), gestores públicos de São José de Mipibu e Jardim de Angicos, além de produtores rurais para solicitar maior policiamento no interior do Estado para combater e inibir as ações dos criminosos, que hoje amedrontam a população rural.

Segundo relatos, muitos assaltos a mão armada vêm acontecendo, e por várias vezes, a luz do dia e de forma muito violenta. Com isso, o deputado Hermano Morais solicitou prioridade na implantação da Patrulha Rural, projeto ainda em fase embrionária em municípios da Grande Natal e Região Agreste para reforçar a segurança nesses municípios, principalmente nas áreas com atividades agrárias. “Eu sei do esforço que o governo vem fazendo com a contratação de mais de mil policiais militares e realização de concurso para a Polícia Civil, mas é preciso dotar o sistema de segurança pública de melhor estrutura para enfrentar a criminalidade. Precisamos de mais ações para conter a insegurança que cresce no campo, assustando aqueles que se moram ou se dedicam às atividades produtivas no interior do Estado”, disse o deputado.

O titular da Sesed, Coronel Araújo, se comprometeu a deslocar viaturas para as localidades, bem como aumentar o efetivo com os novos policiais militares recentemente admitidos. A partir destas iniciais condutas, novas investidas dos meliantes poderão ser inibidas.

Estiveram presentes na reunião o prefeito de São José de Mipibu, José Figueiredo, o prefeito de Jardim de Angicos, Carlos André, o Diretor da Delegacia da Polícia Civil do interior, Inácio Rodrigues, o Comandante da PM Coronel Alarico, o Comandante de Policiamento do Interior, Coronel Castelo Branco e representantes da Asplan e Coplacana.

Acidente com ônibus deixa 14 mortos e 32 feridos na BR-376

Bandidos invadem centro de testagem da Covid-19 na Grande Natal