in

Inverno em 2021 será bom, mas “tardio”, preveem profetas da chuva dos Inhamuns




No V Encontro dos Profetas da Chuva dos Inhamuns, realizado de forma on-line por causa da pandemia, os observadores da natureza apresentaram previsões para boas chuvas em 2021

Profetas da Chuva dos Inhamuns em 2017. Este ano, encontro foi virtual
Acada novo ano, as expectativas do cearense são as mesmas: boas chuvas para garantir plantio e abastecer açudes. Para buscar antecipar como será o inverno que se aproxima, homens e mulheres da zona rural partem de diferentes conhecimentos repassados por gerações na observação da natureza. São os profetas da chuva que mantém viva essa expressão da cultura nordestina. Para 2021, profetas de Boa Viagem, Crateús, Tauá e Quixeramobim estão prevendo um bom inverno para o plantio, mas “tardio”.

“O inverno de 2021 vai ser bom. Ele pode demorar um pouco, mas vai ser um inverno muito bom”, afirma o profeta da chuva Everardo de Lemos, de Tauá, durante a 5ª edição do Encontro dos Profetas da Chuva dos Inhamuns, na noite desta sexta-feira, 8. O agricultor parte da observação deflorações fazer prever as chuvas. De acordo com ele, a cajazeira, por exemplo, teve boa floração.

Leia também: Com influência de La Niña, Ceará tem previsão de chuvas acima da média em algumas regiões, indica Inpe

“Ela estava com quatro anos que não florava. A cajazeira nunca mentiu e ela florou toda por igual”, afirmou. De acordo com ele, o inverno chega até o dia 25 de janeiro. “Só está faltando um pequeno sinal: os relâmpagos que vêm do Cariri.” As maiores precipitações, porém, devem vir nos meses seguintes.

Quero mais conteúdo exclusivo!
Assine nossa plataforma multistreaming, e tenha acesso aos nossos colunistas, grandes reportagens, podcats, séries e muito mais

O profeta Totonho Alves, do distrito de Barra Nova, prevê chuvas dentro da média a partir de março. Com as previsões a partir da observação de fenômenos como o comportamento das formigas, ele também afirma que as chuvas começam ainda em janeiro, mas com menor volume. “Pelo que estou vendo das formigas e dos cupins, o inverno vai ser tardio. Nós só vamos ter sequencias de chuvas, chuvas de criar, de acumular água nos açudes, no final de fevereiro para o início de março”, afirma.

Observador da natureza desde 1958, quando era “bem menino”, o agricultor Valderez de Lima, de Tauá, corrobora com as previsões: “Vai chover mais cedo, e o inverno de março em diante vai ser seguro.” Ele observa a Estrela D’Alva e afirma que as chuvas deste ano serão boas para plantio.

Titico Baia, profeta da chuva do distrito São Miguel, em Quixeramobim, mostra-se esperançoso. “Quem quiser plantar em 21 de janeiro em diante, pode plantar que não perde semente”, afirmou. A partir de fevereiro, as chuvas serão ainda melhores, de acordo com ele. Outro participante do evento, o agricultor Zé Roberto, da Comunidade Lustal, de Tauá, também antecipa que “é para ser um grande inverno”.

Os profetas da chuva participaram do evento com vídeos gravados ao longo da última semana. Criado em 2015, o Encontro dos Profetas da Chuva dos Inhamuns foi realizado de forma on-line, neste ano, por causa da pandemia de Covid-19.

A programação também contou com apresentação de artistas convidados, como os poetas Jessier Quirino, da Paraíba, e Daniel Gonçalves, neto de Patativa do Assaré. A reunião foi realizado pelos campi de Boa Viagem, Crateús e Tauá do Instituto Federal do Ceará (IFCE), em parceria com a Universidade Estadual do Ceará (UECE), e contou com interpretação na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Fonte Mais povo online

Nasa informa data em que asteroide de 130 metros pode atingir a Terra

Dica de Saúde: Saiba como o álcool pode afetar a eficácia das vacinas contra Covid-19