in

Itaú demite 50 funcionários que receberam auxílio emergencial



Itaú Unibanco anunciou nesta quinta-feira que irá demitir todos os 50 funcionários que solicitaram o auxílio emergencial. O banco afirma que o ato é sinal de desvio de conduta, o que pode levar à demissão por justa causa. “Ao identificar que alguns dos seus profissionais solicitaram o auxílio emergencial disponibilizado pelo Governo Federal, prática que caracteriza desvio de conduta, o banco decidiu pelo desligamento desses colaboradores”, informou. “Para o Itaú Unibanco , ética é um valor fundamental, que deve ser cultivado não apenas nas decisões do banco, mas também dos seus colaboradores, que são orientados e treinados de forma recorrente sobre o tema”, diz a mesma nota. A Receita Federal aponta que cerca de três milhões de brasileiros terão que devolver os valores do benefício recebidos de forma indevida em 2020. O órgão tornou obrigatória a declaração no Imposto de Renda de 2021 dos contribuintes que receberam mais que R$ 22.847,76, somando o valor do benefício, durante o ano passado. “O contribuinte que tenha recebido rendimentos tributáveis em valor superior a R$ 22.847,76 no ano-calendário 2020, deve devolver os valores recebidos do auxílio emergencial, por ele e seus dependentes” A devolução deve ser feita através de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), que pode ser gerado no momento de preenchimento da declaração

Senador admite disputar Governo do RN, mas rejeita apoios;

Edson, da dupla com Hudson, é internado com Covid-19 após evolução do quadro