in , , ,

Jair Bolsonaro entrega Complexo Solar de Coremas (PB)

Durante entrega do Complexo Solar de Coremas (Usina Fotovoltaica Coremas III), no município de Coremas (PB), no Sertão da Paraíba, no início da tarde desta quinta-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou os paraibanos de amigos e ironizou sobre a proposta que ficou conhecida como ‘taxar o Sol’, que seria uma ideia da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para reduzir incentivos para geração de energia renováveis.

“Há poucos meses, apareceu um fantasma em nosso meio, o pessoal queriam taxar o Sol… (risos). Obviamente Nós sabemos que as agências são independentes e tem um valor muito importante para nós do Brasil. Logicamente conversando com o ministro da Aneel e chegou a conclusão que essa proposta, até 22, que nós vamos estar no governo, não será posta em prática, não haverá então a taxação do Sol”, discursou.

Em um discurso curto, menos de cinco minutos, Jair Bolsonaro ainda disse que o Brasil é o país que mais preserva o meio ambiente. O evento teve duração de quase uma hora. Teve música e uma lâmpada foi acesa simbolizando a inauguração. O setor de energia elétrica vai investir até 2025, R$ 7 bilhões na Paraíba. Assim como vem ocorrendo nas visitas em todo País, o presidente Jair Bolsonaro e muitas pessoas que estiveram na solenidade não seguiram um dos protocolos de segurança sanitária: o uso de máscara.

Além de deputados paraibanos e o senador do MDB, José Maranhão, que apoiam o presidente, estiveram presentes o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, Augusto Heleno (Ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional) e ministro Luiz Eduardo Ramos (da Secretaria de Governo). A expectativa é que o Complexo gere 800 empregos no local.

ClikPB

Canguaretama: Wellinson Ribeiro aparece na lista de contas reprovadas pelo TCU

PSDB de Serra Negra do Norte (RN) homologa pré-candidatura de Serginho Fernandes