João de Deus é condenado a 40 anos de prisão pelo estupro de cinco mulheres

O médium João de Deus chega à Casa Dom Inpacio Loyola, em Abadiânia.

O médium João de Deus foi condenado a 40 anos de prisão nesta segunda-feira (20). A pena se refere ao processo pelo estupro de cinco mulheres.

Essa é a terceira condenação do curador, que já foi sentenciado em novembro do ano passado a quatro anos, por posse ilegal de armas, e no mês seguinte a 19 anos, por dois casos de violação mediante fraude e dois de estupro de vulnerável. Ao todo, João de Deus acumula 63 anos de prisão a cumprir.

A condenação desta segunda-feira foi proferida pela juíza Rosângela Rodrigues, da Comarca de Abadiânia, em Goiás. De acordo com O Globo, o processo corre em segredo de justiça e por isso os detalhes não podem ser revelados.

Devido aos seus 77 anos e aos seus problemas de saúde, João de Deus teve a pena atenuada e pode cumprir a sentença em regime domiciliar