Um crime visto até então como ‘passional’ registrado na noite deste sábado na zona norte de Caicó chocou toda a cidade e ceifou a vida de um jovem designer.

O crime, segundo depoimento MARIA EDUARDA, acusada de apertar o gatilho e matar AIRTON ARTHUR, teria sido motivado por discussão entre ambos.

Ela acusou Arthur de agredi-la, e na iminência de ser morta por ele, tratou de sacar uma arma de fogo e atirar contra o companheiro, que morreu na hora.