Justiça aponta “patrulhamento ideológico” do MPF e absolve reitora da UFERSA



A reitora da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Ludimila Oliveira, foi absolvida pela 8ª Vara da Justiça Federal da acusação de ter praticado crime de ameaça contra a militante do PT, Ana Flávia Lira, em denúncia apresentada pelo Procurador da República Emanuel Melo. 

O juiz Orlan Donato Rocha afirmou que “a presente ação penal, como um todo, retrata muito mais um patrulhamento ideológico sobre a ré do que um efetivo exercício de fiscalização da lei por parte do parquet denunciante, o que não é admissível e foge à competência do Poder Judiciário”.

Para completar, o magistrado declarou que “a questão do posicionamento ideológico em ações judiciais quanto ao membro do MPF denunciante, inclusive, está sob investigação dentro do âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público”.

Fonte/ Blog Gustavo Negreiros