Luiz Almir diz que só assumirá a CMN se for por dois anos e não descarta pretensão de ser candidato a deputado estadual



O ex-vereador Luiz Almir, na manhã desta terça-feira, na Assembleia Legislativa, disse que só aceitará volta para a Câmara Municipal de Natal, se for para tirar o mandato integralmente, por um período de anos, em substituição ao vereador Aroldo Alves, que deverá deixar o cargo para assumir a gestão da STTU, no lugar do auditor fiscal Paulo Cesar Medeiros, que se demitiu ontem por motivo de saúde.

Luiz Almir ressalta que se assumir por um período de dois anos, irá ajudar o filho do prefeito Álvaro Dias, Adjuto Dias, atual secretário municipal de Trabalho e Assistência Social, cujo nome é bem cotado como futuro deputado estadual.

Luiz Almir, como é de seu estilo, foi curto e grosso: “Já falei com o Chefe de Gabinete dele (de Aroldo) e disse que só quero assumir se for por dois anos. Esse negócio de assumir por três meses não me interessa. Se for assim, fico como estou e vou ser candidato a deputado estadual”, revelou.

Polêmico, Luiz Almir, que é um comunicador nato, conhecido por ter uma língua ferina, assumiu nesta terça-feira a titularidade de uma coluna política no jornal Agora RN, que tem como nome “A Voz do povo”.