Lula: “Não sou pombo-correio para colocar tornozeleira”

Declaração foi dada em Pernambuco — Foto: Reprodução

Por O Antagonista — Em discurso em Recife, Lula atacou os procuradores da Lava Jato, Sergio Moro e reafirmou que se recusa a usar tornozeleira.

“Primeiro, disse para eles que a minha casa não é uma prisão. A minha casa é meu lugar de liberdade. Segundo que a minha canela não é de pombo e não sou pombo-correio para colocar tornozeleira.”