Lula vai se reunir com embaixador russo para discutir Sputnik V e vacinação



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá se reunir com o embaixador da Rússia Alexey Kazimirovitch Labetskiy, para discutir a vacinação no Brasil e a compra do imunizante Sputnik V contra a Covid-19. O encontro vai acontecer em Brasília, onde Lula ficará hospedado em um hotel. A reunião foi organizada pelo ex-chanceler Celso Amorim, que também deve participar.

De acordo com um integrante do PT, o ex-presidente tentará pedir que o Fundo Russo envie as informações que ainda faltam para a aprovação da vacina pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Ele entende que o melhor caminho será entregar todos os documentos que possam basear uma aprovação. Caso seja reprovado uma segunda vez, aí o partido acusará a Anvisa de fazer política”, afirmou a fonte.

Além disso, Amorim também tentará uma conversa com Yang Wanming, representante da China. O país fornece ao Brasil o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), que é utilizado para a fabricação das vacinas contra o novo coronavírus.