Marília Mendonça dá golpe em compositor, e é condenada pela Justiça.



A cantora sertaneja Marília Mendonça, que tomou o lugar de Gusttavo Lima no “Cabaré” após polêmicas e se envolveu em polêmica com um comentário homofóbico do cantor Bruno, viu seu nome parar em uma disputa judicial com um compositor que a acusou de golpe. Segundo a denúncia, Marília vendeu a mesma música para dois artistas diferentes e agora terá que arcar com as consequências.

Segundo informações do programa Balanço Geral, a Justiça de Goiás condenou a cantora a indenizar o produtor musical Pedro Barbosa dos Santos em R$ 60 mil após ele entrar com um processo contra Marília Mendonça. O motivo do processo é que o compositor teria sido enganado pela cantora ao comprar exclusivamente 6 composições de músicas sertanejas dela.

As músicas seriam gravadas pela dupla Mauro e Felipe, mas Marília Mendonça vendeu 2 músicas dessas já compradas para outras pessoas, sendo uma delas, chamada “Saudade Idiota“, para Lucas Lucco, que recentemente foi condenado por plágio em “Mozão“. Quando a dupla sertaneja pensou em lançar a canção, ouviram ela na voz de Lucco no rádio e a confusão se instaurou.

Fonte/ Movimento Country