O médico relata que teve tosse seca e um pouco de dispnéia, mas que não precisou ser internado.

Também não chegou a apresentar febre.

Isolamento

Permaneceu em total isolamento por 20 dias, o que foi fundamental para manter sua família sem riscos de contaminação.

“Deus é bom o tempo todo. Obrigado a todos os meus familiares, amigos e pacientes que intercederam por mim. Não foram dias fáceis“, escreveu.

Gustavo Cunha, de 37 anos, é médico do Samu Mossoró. Não possui comorbidades.