Ministro Sérgio Luiz Kukina (Foto: José Alberto/STJ/Divulgação)
O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Sérgio Luiz Kukina, concedeu liminar determinando a suspensão dos efeitos da decisão proferida pelo presidente do Tribunal de Justiça do RN, desembargador Expedito Ferreira, que suspendia visitas nos presídios do Estado.
A liminar do ministro Sérgio Luiz Kukina corrobora com a decisão anterior ao do desembargador Expedito, que foi proferida pelo desembargador potiguar Cláudio Santos.