in

Ministro pede para AstraZeneca acelerar envios ao Brasil de insumos e vacinas para Covid-19

Titular das Comunicações, o ministro Fábio Faria pediu ao sócio majoritário da AstraZeneca, Marcus Wallenberg, que a empresa acelere o envio ao Brasil de insumos para vacina contra Covid-19 e de insumos para o fabrico no país. O gestor postou nas redes sociais a carta entregue ao executivo, que também é acionista da Ericsson. Faria foi à Suécia para visitar fabricantes com tecnologia em 5G, cuja licitição no Brasil é um dos maiores projetos da pasta das Comunicações.


Na carta, o ministro comenta que o governo brasileiro apostou na empresa para desenvolver uma resposta eficaz ao vírus. De capital britânico e sueco, a AstraZeneca é parceira da Universidade de Oxford no desenvolvimento do imunizante produzido no Brasil pela Fiocruz. Até o momento, o país recebeu 2 milhões de doses importadas do instituto indiano Serun e recebeu o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para finalização, na Fiocruz de 3,8 milhões de doses.

Outra vacina adotada no Brasil, a CoronaVac tem 9,8 milhões de doses já disponibilizadas para aplicação

BBB21: Filho de Karol Conká desabafa: ‘Se coloquem no meu lugar’

Governo do RN forma grupo de trabalho para discutir reivindicações de prefeitos