MORO AVALIA DISPUTAR PRESIDÊNCIA, MAS TEM ENTRAVES PESSOAIS, DIZ VICE-LÍDER DE PARTIDO


O vice-líder do Podemos no Senado, Oriovisto Guimarães, diz que Sergio Moro revelou que não são só questões políticas que ele está levando em conta para a decidir se será ou não candidato, mas, principalmente, questões pessoais.

“São vários problemas que ele tem que resolver. Ele tem que resolver problemas com a família dele, ele é um homem que depende do salário dele para sobreviver, ele não é um homem que tenha muitos recursos, tá bem de vida, tem um bom salário, mas depende desse salário, teria que fazer um acerto com o empregador dele. Não é uma decisão fácil para ele.”, afirma.

Guimarães também diz que Sergio Moro tem como foco uma possível candidatura à presidência, e nega que ele tenha interesse em concorrer a outras vagas. “Nunca tive nenhuma conversa em que ele manifestasse esse desejo. Nem ao Governo do Estado do Paraná, nem senador. Eu vejo muita especulação sobre isso”, destaca.

O senador, que é um dos principais entusiastas da candidatura de Moro na legenda, reforça que o ex-juiz ainda não decidiu se será ou não candidato. “Ele nunca disse sim, ele nunca confirmou a candidatura, mas ele também nunca disse não, ele nunca disse ‘não serei’. Enquanto ele não disser ‘não serei’, nós continuaremos”.

R7