Mulher de Ceará, ex-lateral de Cruzeiro e Inter, morre em BH


Morreu na madrugada desta sexta-feira, 20 de setembro, em Belo Horizonte, a mulher do ex-lateral direito Marcos Venâncio, conhecido como Ceará, que jogou por Cruzeiro e Internacional. Fernanda Daibert de Albuquerque, tinha 41 anos e faleceu por complicações de uma cirurgia plástica realizada no início de agosto na capital mineira.

Ceará é reconhecido pelas duas torcidas, onde foi campeão do mundo pelo Colorado, em 2006 e bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, em 2013 e 2014. Fernanda deixa além do marido, três filhos.

A esposa de Ceará, que também era cantora e pastora evangélica, estava se sentindo mal desde o procedimento cirúrgico, passando por internações nos hospitais Nossa Senhora de Lourdes, em Nova Lima, e no hospital Célio de Castro, no Barreiro, onde veio a óbito.

O corpo de Fernanda será velado no cemitério Bom Pastor, em Ribeirão Preto, São Paulo, neste sábado, 21 de setembro, somente com a presença de amigos e familiares .

Fernanda tinha vida ativa como cantora, com dois álbuns gravados, além de um trabalho social constante em um projeto em Nova Lima, Regiao Metropolitana de BH, onde trabalhava com mulheres que queriam jogar futebol. Nas eleições de 2018, Fernanda tentou se eleger deputada federal pelo PRTB, mas sem sucesso. Ceará, muito abalado, não quis se pronunciar ainda sobre a perda da esposa