Não é possível relaxar isolamento com curva ascendente’, diz ministro da Saúde


O ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou que não é hora de pensar em flexibilização das medidas de isolamento: “A gente tem uma diretriz, a gente tem um ponto de partida. Mas algumas coisas são básicas, não dá para você começar uma liberação quando você tem uma curva em franca ascendência”.

A declaração foi feita nesta quinta-feira (30), durante coletiva da equipe do Ministério da Saúde. Teich voltou a dizer que a situação pode ter particularidades, a depender de como se comporte cada cidade.

“Tem cidades que nem estão com a curva caindo e já tem flexibilização. Ninguém está pensando em relaxamento. Neste momento, ninguém está pensando em flexibilizar nada, a gente está desenhando um projeto, uma diretriz”, reforçou o ministro, que avalia que a marca de 5,9 mil mortes alcançada hoje não impacta a política já desenhada pela pasta.